12 de jan de 2009

Clownssicos


Nós, reis dos alegres


Que o Palhaço era o Rei de Alegria eu já sabia. Rir de um palhaço, no entanto, era coisa que eu já não lembrava mais. (Lembrei agora da última vez? Sopa de Palhaços, do Nestor Monastério... ) O sujeito pode estar na maior fossa, sem saber se fossa se escreve com dois SS ou com Ç. Triste mesmo, chateado afuzel. Não adianta: quando a coisa é boa, ele vai rir. E, em Clownssicos, você não ri, você gargalha.

São seis palhaços a fazer palhaçadas: Laura Leão, Leo Maciel, Adriano Basegio, João Pedro Madureira, Larissa Sanguiné e Daniela Carmona, essa última diretora. Decidem provar pra você que também conseguem contar histórias mais profundas, mais tristes e se aventuram nas tragédias gregas, em Shakespeare, em Tchekov (meio chato... mas é porque os outros são muito legais!!), em Melodromas. E conseguem!!! A gente chora sim... Mas de tanto rir. Ou melhor, gargalhar.

As histórias vão se emendendo uma na outra como numa lona tosca e linda de circo. A gente tem a impressão de que nem eles, que dirá nós, sabem exatamente o que fazer. Eles, os palhaços. Os atores têm certeza. Têm certeza, mas não dão muito bola pra certezas. Não dão muita bola pra nada a não ser para o que são: reis da alegria. Nós, reis dos alegres, ficamos naquelas de louco pra participar, jogar pipoca e subir em elefante. Somos floresta na Escócia, ganhamos beijos na boca e batemos palmas. Só não de pé porque... Ah! Queremos mais!!!

O resto que se pode fazer é repetir porque o legal da comédia está em não ser chata, em não ser pesada, nem específica. Tá. A luz é linda. O figurino é uma bagunça maravilhosamente bem composta. A produção inteira é extremamente bem cuidada. A narrativa... Bem, eu não entendi o final. Ou acho que não. Mas tudo foi tão bom que nem dei bola... Tudo, estou certo disso, é pra que a gente tenha prazer de ver a Cia do Giro se enlouquecer em cena, rindo da gente e deles mesmos e de todo o teatro.

“Sonho de uma noite de verão” vem aí. Que bom!!

3 Comentários:

Helena Mello disse...

Tu não pára (será que ainda tem este acento?) de ir ao teatro e não me convida!!! Depois, ainda quer que eu venha aqui olhar o teu blog e ver que tu te divertiste tanto e eu não. Snif, snif.

Xarão disse...

Realmente um espetáculo muito bom!

Daniel Marvel disse...

Acabei de assistir "Clownssicos" no SESC Gravataí, e concordo em número gênero e grau! Como é bom rir, gargalhar, e Daniela? Daniela Carmona é genial!
Abs.

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO